Sem categoria

Tráfico de Crianças em Moçambique, Religião, Sensassionalismo em alguma imprensa ou Mal Entendidos ?

Há um suposto tráfico de crianças em Moçambique que vem à baila, com a detenção de um indivíduo que tranportava 40 crianças de algumas Províncias para Maputo.

Logo após a detenção do camião, houve alguma precipitação e sensacionalismo de alguns órgãos de informação e de alguns círculos de opinião, em afirmar que tratava-se de tráfico de crianças, e inclusivé surgiu o aproveitamento político da situação e a procura imediata de protagonismo por parte de alguns círculos que se afirmam legitimos para falar sobre esses assuntos.

Faltou cautela e investigação do assunto antes de procurar-se pelas pessoas e instituições certas. Depois veio a público a voz de alguns pais das referidas crianças afirmando que os seus filhos iam a Maputo, com o seu consentimento, cumprir com práticas religiosas em maputo.

Um representante da comunidade Muçulmana disse na TVM que não há tráfico de menores, faz parte da tradição da zona norte os pais entregarem os seus filhos para serem educados. O representante averiguou e soube-se que o homem transportou as crianças por iniciativa individual, porque em Maputo há as melhores escolas “Madrassa”.

A Polícia da República de Moçambique (PRM) está a trabalhar no assunto e tem o indivíduo sob sua custódia, está a investigar, mas sempre há uma pulga para atrapalhar, até as investigações.

A questão mantem-se: Haverá mesmo tráfico de crianças em Moçambique ? Será que trata-se de sensasionalismo de alguma imprensa precipitada ? Ou Trata-se de questões religiosas dos islâmicos?
Standard

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s