Sem categoria

Banco de Moçambique – Indicadores do Sector Externo 2008

As transacções externas de Moçambique com o resto do Mundo mostram que os grandes Projectos de desenvolvimento continuam a ter um papel de destaque nos saldos do comércio externo. segundo o Banco de Moçambique, as exportações totais de bens cresceram em 10% em 2008 relativamente ao ano anterior, impulsionadas pelas exportações da economia que não os grandes projectos. O Alumínio (MOZAL) e a Energia Eléctrica têm um grande peso nas exportações Moçambicanas (cerca de 60% do total das exportações de bens em Moçambique), no entanto as exportações desses bens são relativamente menores em relação ao ano anterior.
A queda do preço do aluminio no mercado internacional e o decréscimo da quantidade de energia exportada para o vizinho Zimbabwe contribuiram significativamente para esta redução do peso da exportação destes bens.
Por outro lado há a destacar o aumento das exportações de Tabaco, Gás e combustíveis (bunkers) em Moçambique. O Tabaco devido ao aumento das vendas impulsionado pela Moçambique Leaf Tobacco (MLT) em Tete, e ao aumento do preço do tabaco no mercado internacional.
Em relação às importações, Moçambique regista um aumento das mesmas segundo o Banco Central, com destaque para o aumento das importações de combustíveis, cereais, automóveis e diversa maquinaria. É importante destacar o aumento da importação de viaturas ligeiras e pesadas pelos sectores privado e público.
Em relação ao Investimento Directo Estrangeiro (IDE), em 2008 registou-se um acréscimo com destaques para empresas dos sectores de Agricultura e produção animal, Industria transformadora, Transportes, Armazenagem, Comercio, Indústria extractiva e sector financeiro.
Dos principais paíes investidores em Moçambique destaca-se a África do Sul, que continua a ser pelo terceiro ano consecutivo o maior investidor , seguido da Suiça, Brasil, Holanda, Maurícias, Áustria, Índia, França, Macau e Tanzania.
Este estudo apresentado pelo Banco de Moçambique é últil na medida em que fornece informação estatística sobre o comportamento da balança de pagamentos em Moçambique, ou seja do saldo das importações e exportações. No entanto é importante que a autoridade Monetária Moçambicana continue a buscar inputs que permitam cobrir mais empresas Moçambicanas em inquéritos do género, particularmente no sector do turismo, que contribui significativamente para a balança de pagamentos, e não só, é importante que o sector privado, e as empresas importadoras e exportadoras de bens e serviços colaborem com o Banco Central para uma melhor informação pública sobre os indicadores do sector externo.
Standard

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s